Categoria: Força

Citrulina – Tudo que você precisa saber

Citrulina – Tudo que você precisa saber

L citrulina ou citrulina, é uma substância chamada aminoácido não essencial. Seus rins mudam a citrulina para outro aminoácido chamado L-arginina e um produto químico chamado óxido nítrico (ON).

Estes compostos são importantes para o seu coração e a saúde dos vasos sanguíneos. Eles também podem aumentar a eficiência do seu sistema imunológico.

Citrulina

L Citrulina é um dos três aminoácidos dietéticos no ciclo da ureia, ao lado da L arginina e da L Ornitina.

L Citrulina é usado como desempenho esportivo e suplemento cardiovascular para a saúde. A suplementação de L citrulina resulta em fadiga reduzida e resistência aprimorada para o exercício prolongado aeróbico e anaeróbico.

A suplementação de L citrulina também aumenta o teor de plasma de ornitina e arginina. Isso significa que a suplementação de L citrulina melhora o processo de reciclagem de amônia e o metabolismo do óxido nítrico. A L citrulina também é usada para aliviar a disfunção erétil causada pela pressão arterial elevada.

Após a suplementação, a L citrulina é convertida em arginina nos rins. Os suplementos de L arginina fornecem uma grande quantidade de arginina no plasma, enquanto os suplementos que contêm L citrulina aumenta os níveis plasmáticos de arginina durante um período de tempo mais longo.

L arginina e L ornitina estão sujeitas a absorção reduzida quando ingeridas em doses de 10 g ou mais, o que pode resultar em diarréia. A Citrulina não tem esse efeito colateral, e uma vez que aumenta os níveis plasmáticos de todos os três aminoácidos, é geralmente preferido o uso desse suplemento juntamente com a L arginina. Embora a citrulina duplique o conteúdo de plasma de ornitina, a suplementação de ornitina pode aumentar o teor de plasma de ornitina ainda mais, em 300 a 500 por cento.

Citrulina malato

Citrulina é um aminoácido que é produzido quando o aminoácido ornitina é combinado com fosfato de carbamoil. Isso ocorre durante o ciclo da ureia, uma maneira que o corpo dispõe de resíduos de nitrogênio. O excesso de citrulina através de suplementos é feito para colocar o ciclo da ureia para trabalhar mais do que o normal, sugando a amônia (feita de três moléculas de nitrogênio) produzida pelos músculos antes que ela possa produzir fadiga.

A citrulina também é um subproduto da conversão do corpo do aminoácido arginina em óxido nítrico (NO). Vários estudos já mostraram que o excesso de citrulina, aumenta a quantidade de arginina no sangue, levando ao aumento da produção de NO. Quanto Mais NO você possuir, significa um aumento do fluxo sanguíneo para os músculos durante o exercício, o que lhes permite durar mais tempo sob pressão – e produzir bombas musculares maiores na hora dos exercícios de levantar peso.

O malato ou o ácido málico é um composto salino que é freqüentemente usado como conservante de alimentos e, na natureza, contribui para o sabor amargo de maçãs e outras frutas. Em forma suplementar, ele força a citrulina e vários outros suplementos para lhe dar estabilidade no corpo.

No entanto, o malato também é utilizado para ter capacidades de combate à fadiga próprias, ajudando o corpo a reciclar o ácido lático e usá-lo para obter energia.

Citrulina preço

Por ser um produto extremamente eficiente e eficaz, a citrulina possui um preço um pouco mais elevado do que outros suplementos, porém seus resultados são mais garantidos se tomados de forma correta.

O preço média da citrulina é de R$200.

Citrulina malato comprar

A citrulina malato está disponível para compra nas melhores lojas de suplementos online e algumas lojas de produtos naturais.

Citrulina comprar

É possível comprar citrulina à pronta entrega na Suplementos Mais Baratos, pois seus produtos sempre estão em estoque com envio imediato para sua casa.

Citrulina para que serve?

A citrulina aumenta a produção de óxido nítrico no organismo. O óxido nítrico ajuda suas artérias a relaxar e a trabalhar melhor, o que melhora o fluxo sanguíneo em todo o corpo. Isso pode ser útil para tratar ou prevenir muitas doenças.

Evidências comprovam que o suplemento pode ajudar a baixar a pressão arterial em pessoas com pré-hipertensão. Este é um sinal de alerta precoce para a pressão arterial elevada. Isso significa que você tem uma leitura levemente levantada da pressão arterial de 120/80 a 139/89. A pré-hipertensão aumenta o risco de hipertensão arterial e doenças cardíacas.

citrulina desempenho

Os suplementos de L citrulina podem aliviar os sintomas de disfunção erétil de ligeira a moderada (DE). A citrulina é uma das formas mais seguras e confiáveis para tratar esses casos..

Estudos em animais mostraram que a L citrulina também pode ajudar as pessoas com problemas de vasos sanguíneos, como cicatrização lenta de feridas devido a diabetes.

Outras pesquisas em animais dizem que a L citrulina pode melhorar os níveis de proteína muscular e prevenir a desnutrição em idosos.

A pesquisa com animais também sugere citrulina pode ajudar a tratar problemas intestinais, incluindo:

  • Síndrome do intestino curto;
  • Doença celíaca;
  • Dano provocado por radiação no intestino delgado;
  • Certos distúrbios genéticos e condições de saúde, como doença hepática, podem ser auxiliados por suplementos de L citrulina.

Os primeiros estudos em humanos realizados também sugerem que a citrulina pode ser útil para a doença de Parkinson e certas demências.

Citrulina efeitos colaterais

Até o momento não há efeitos colaterais reportados sobre o uso de L citrulina.

No entanto, o suplemento pode afetar a forma como determinadas drogas funcionam em seu corpo. Não tome este suplemento se estiver:

  • Utilizando nitratos para doença cardíaca
  • Consumindo remédios para disfunção erétil, como Cialis, Levitra ou Viagra

Combinar L citrulina com esses medicamentos pode causar uma queda perigosa na pressão sanguínea.

Você também deve ter cuidado ao tomar L-citrulline se você tomar qualquer tipo de medicamento para a pressão arterial.

Não use L citrulina se estiver grávida ou amamentando.

Informe sempre seu médico sobre os suplementos que você está tomando. Dessa forma, seu médico pode verificar se há possíveis efeitos colaterais ou interações com quaisquer medicamentos para o seu corpo.

Citrulina como tomar?

Para complementar a L citrulina da saúde circulatória ou para aliviar a disfunção erétil: tome 1.000 mg de citrulina, três vezes ao dia com as refeições, para uma dose diária total de 3.000 mg. A citrulina não precisa ser tomada com as refeições, mas ajuda no momento de ingerir.

Para complementar a saúde circulatória com um suplemento de citrato de citrulina: tome 1,76 g de malato de citrulina por cada 1 grama de citrulina que você normalmente tomaria.

Para complementar a L-citrulina para melhorar o desempenho esportivo: tome 6.000 – 8.000 mg de citrato de citrulina cerca de uma hora antes do exercício.

Citrulina benefícios

A citrulina oferece diversos benefícios para nossa saúde, iremos falar de alguns deles.

citrulina

Ajuda os hormônios do crescimento (GH)

Foi realizado um teste com atletas treinados e experientes em prova de ciclismo prolongado (um trajeto de 137km), metade deles consumiram 6 gramas de citrulina malato antes de inciar o teste enquanto os outros não. Após completarem o exercício, foi comprovado que o grupo de atletas que tomaram citrulina teve uma concentração de GH 66,8% maiores do que o grupo que não consumiu nada.

Com esses resultados puderam observar que o consumo de suplemento de citrulina ajuda os hormônios do crescimento a se desenvolverem melhor, porém apenas se forem realizados exercícios físicos.

Melhora a função sexual do pênis

Uma vez que pode influenciar o fluxo sanguíneo, a L citrulina pode ajudar a ajudar os homens com dificuldades na ereção.

Pode não ser tão eficaz quanto os medicamentos de disfunção erétil, mas também não possui nenhum dos efeitos colaterais potenciais.

Foi testado em homens com disfunção erétil avaliada por ereções fracas (avaliação do grau de dureza do pênis), 1,500 mg de citrulina diária (duas doses de 750 mg) durante um mês foi capaz de beneficiar a metade dos 24 pacientes avaliados (avaliado por “muito Satisfeito com o tratamento), enquanto houve apenas uma melhoria de 8,3% no placebo.

Melhora a saúde do coração

As artérias são vasos sanguíneos que transportam sangue oxigenado em todo o corpo.

Eles naturalmente se contraem e se expandem para controlar a pressão arterial, e é vital que eles mantenham sua capacidade de fazer isso, porque se eles ficam muito rígidos ou, pior ainda, bloqueados, pode resultar em ataque cardíaco ou acidente vascular cerebral.

Como o óxido nítrico desempenha um papel fundamental na manutenção da saúde e função arterial, tudo o que aumenta os níveis de NO pode ajudar a manter nossas artérias funcionando como deveriam. E é por isso que diversas pesquisas mostram que L citrulina pode fazer exatamente isso.

Além disso, também foi constatado que serve para reduzir a pressão arterial, que é outro fator chave na saúde geral do coração

Melhora o desempenho de exercícios físicos

A pesquisa mostra que o uso de suplementos com L citrulina pode melhorar sua resistência e treinamento de resistência.

Por exemplo, em um estudo realizado com homens treinados por resistência, consumindo 8 gramas de L citrulina antes que os exercícios de tórax iniciassem, fez com que eles realizassem 52% a mais de tempo do que os que não consumiram a citrulina. Também diminuiu significativamente a dor muscular pós-treino.

Em outro estudo, 6 gramas de L citrulina por dia aumentaram a produção de energia celular (ATP) durante o exercício em 34%, o que aumenta sua capacidade de produção física e intensidade.

Alimentos que possuem citrulina

É possível também adquirir citrulina através de alimentos naturais, embora em quantidade menores do que em suplementos que possuem uma quantidade concentrada do produto.

Frutas

Uma das fontes mais ricas de citrulina é a melancia e é encontrada tanto na fruta como na casca. Os resultados do estudo – conduzido pelo professor Arturo Figueroa e publicado em outubro de 2010 no site da Faculdade de Ciências Humanas da Universidade da Flórida, sugerem que os aminoácidos na melancia podem combater efetivamente a pré-hipertensão antes de se tornar doença cardiovascular.

Além dos efeitos positivos do seu conteúdo natural de citrulina na função arterial e na pressão arterial, a melancia está cheia de vitaminas A, B6 e C, além de potássio, fibra e antioxidante, licopeno. Outras frutas que são fontes de citrulina são pepinos e outros melões.

Vegetais

As cebolas e o alho são outra fonte de citrulina, The Vegetarian Site diz que alho e cebolas ajudam a proteger contra doenças que afetam o coração, as veias e as artérias.

Legumes

As ervilhas também contêm citrulina, assim como o amendoim. A soja é outro alimento a partir do qual seu corpo pode obter citrulina. A citrulina que você adquire de tais alimentos ajuda a manter o equilíbrio ácido do seu corpo.

Carnes e peixes

O fígado é um dos poucos alimentos com um alto nível de citrulina. O salmão e a carne vermelha também contêm alguns desses aminoácidos. A citrulina é necessária para desintoxicar o fígado da amônia, que é um produto residual que resta após a oxidação no corpo.

Nozes

Amêndoas e nozes contêm citrulina. Este aminoácido é encontrado em concentrações muito altas em mudas de nozes, mas muito menos nas nozes, de acordo com o artigo de 2001 em “Tree Physiology”.

Chocolate

O chocolate escuro é outra fonte de citrulina, então se você está ansiando algo doce, esse tipo de chocolate pode ser uma escolha adequada.


Lembre-se, porém, que os suplementos não vão fazer seu corpo crescer e ficar saudável apenas pelo seu uso, é necessário dedicação ao treinamento adequado e à nutrição do seu corpo para que os efeitos surjam da forma esperada.

Sabendo disto, aqui está o que você pode esperar da suplementação de L-citrulina (ou melhor, citrulina malato):

  • Circulação sanguínea melhorada
  • Função erétil normal e estável
  • Mais resistência muscular
  • Maior energia em seus exercícios e menos fadiga
  • Diminuição da dor muscular
D Ribose – O que é, como tomar e para que serve

D Ribose – O que é, como tomar e para que serve

A D-Ribose é um tipo de açúcar produzido pelo corpo e é usado como medicamento para melhorar o desempenho atlético e a capacidade de realizar exercícios, aumentando a energia muscular. Experimente o D Ribose.

Também foi usado para melhorar os sintomas da síndrome de fadiga crônica (SFC), fibromialgia e doença arterial coronariana. O D-Ribose tem sido usado para prevenir sintomas como cólicas, dor e rigidez após o exercício em pessoas com transtorno hereditário chamado deficiência de mioadenilato deaminase (DMA).

O D-Ribose, produzido pela Now Foods também foi usado para melhorar a capacidade de exercício em pessoas com outra desordem hereditária chamada doença de McArdle.

Os médicos às vezes dão ribose por via intravenosa (por IV) como parte de um procedimento de imagem utilizado para medir a extensão do músculo cardíaco danificado em pessoas com doença arterial coronariana. A D Ribose também foi usada por via intravenosa em pacientes com DMA para prevenir sintomas como cólicas, dor e rigidez.

D-Ribose

D-Ribose é um simples açúcar que seu corpo faz sozinho. Em seu corpo, a ribose ajuda a fazer trifosfato de adenosina, ou ATP, que é a fonte de energia encontrada em seus músculos. A quantidade de ATP que seus músculos são capazes de armazenar é limitada, tornando a ribose um nutriente importante para a energia muscular para os atletas, que é onde o interesse reside na suplementação.

Algumas pessoas que já utilizaram afirmam que os suplementos de ribose ajudam a promover uma recuperação mais rápida após o exercício, melhorando a eficácia e a duração do exercício, o que ajuda na perda de peso.

D Ribose para que serve

Em algum momento de sua vida, todos precisam de D Ribose suplementar. Todos enfrentamos situações em que a suplementação de ribose pode nos ajudar a superar a dor e a rigidez do excesso de músculo, a fadiga das doenças crônicas, a fraqueza após o exercício extenuante ou a incapacidade de fazer as coisas que queremos fazer. Todos queremos ser tão ativos e saudáveis ​​como pudermos, e precisamos de um fornecimento total de energia em todas as nossas células e tecidos para atingir esse objetivo.

Em cada etapa de nossas vidas, enfrentaremos momentos em que precisamos de ribose para ajudar nossos corpos a produzir a energia que precisamos. Mas nossas células e tecidos não podem armazenar ribose para uso futuro. Em vez disso, nossos corpos só podem fazer ribose quando é necessário, e é aí que entra o problema. Lembre-se, embora a ribose seja feita naturalmente em todas as nossas células e tecidos, é um processo lento. E é esse atraso que limita a velocidade com que nossos corpos podem restaurar energia perdida.

A ribose é o fator limitante na síntese de ATP, e nossos corpos têm uma necessidade absoluta e fundamental para o ATP alimentar a multidão de reações bioquímicas que nos mantêm vivos e com saúde. ATP é o combustível da vida, e a ribose é a base sobre a qual o ATP é construído. Portanto, quando nossos corpos precisam de energia, faz sentido complementar nosso metabolismo natural com ribose. Vejamos um exemplo para ajudar a entender esse ponto.

Uma série muito importante de estudos em animais foi realizada na Universidade de Minnesota a partir de meados da década de 1980. Nestes estudos, os pesquisadores usaram técnicas cirúrgicas elaboradas para colocar balões em torno da artéria principal fornecendo sangue ao coração para que eles pudessem controlar o fluxo sanguíneo indo para o tecido do coração e usaram dispositivos de medição delicados para registrar o resultado. Eles descobriram quando explodiram os balões e restringiram o fluxo sanguíneo para o coração, o nível de energia no tecido do coração caía rapidamente, finalmente nivelando cerca de 50% do normal. Como seria de esperar, esse dreno de energia afetou severamente a função cardíaca. Principalmente, o coração ficaria rígido e não se encheria de sangue corretamente. Por sua vez, isso reduziu a quantidade de sangue que poderia ser bombeada para o resto do corpo.

comprar

Quando o ar foi solto dos balões, o fluxo sanguíneo normal retornaria ao coração. Mas mesmo depois que o fluxo sanguíneo foi restaurado, esses corações levaram mais de dez dias para que o nível de energia se normalizasse. Curiosamente, a função do coração acompanhou de perto a restauração da energia. Da mesma forma acontece com o fornecimento de energia, a normalização da função cardíaca levou mais de dez dias. Quando os animais receberam ribose durante e após o teste, no entanto, os corações recuperaram seu nível de energia e funcionaram normalmente em média de 1 a 2 dias; Para provar ainda mais o efeito de ribose, em alguns estudos, os pesquisadores tiraram a ribose após 24 horas e descobriram que a recuperação de energia e funcional se reverteu. Quando a suplementação de ribose foi restaurada, a recuperação seguiu o da forma esperada.

Metabolicamente, o que aconteceu foi simplesmente isso. Quando os corações não receberam ribose, eles foram obrigados a fazê-lo antes que pudessem começar o processo de restauração de energia. Essa recuperação de energia era um pouco atrasada. Mas dar ribose a esses corações permitiu que eles ignorassem o processo muito lento de fazer ribose naturalmente, e o processo de síntese de energia foi acelerado. Uma vez que a ribose está presente na célula, seja através de síntese ou suplementação de ribose natural, a recuperação de energia pode prosseguir muito rapidamente. O atraso na restauração de energia para o tecido estressado repousa na taxa em que nossos corpos fazem a ribose naturalmente.

Então, quando consideramos se precisamos ou não de D-Ribose suplementar, devemos lembrar alguns dos princípios básicos simples do metabolismo. As células e os tecidos tornam-se estressados ​​quando não recebem oxigênio suficiente ou se os processos normais de reciclagem de energia são interrompidos. Em ambos os casos, esse estresse faz com que as células usem energia mais rapidamente do que pode ser fornecida. Este desajuste de oferta e demanda de energia nos faz perder energia de nossas células e tecidos, drenar reservas de energia celular e esgotar lojas de energia.

Para manter a função normal das células e tecidos, esta energia deve ser restaurada e a ribose é fundamental para este processo. Se somos jovens e saudáveis ​​e nossas células estão funcionando normalmente, podemos descansar e, depois de vários dias, faremos suficiente ribose para que nossos níveis de energia sejam restaurados. Por outro lado, se somos cronicamente privados de oxigênio, ou se nossas células não estão funcionando normalmente, talvez nunca possamos recuperar completamente e o uso de ribose seja mais do que necessário.

D Ribose engorda

Como todo carboidrato que gera energia, se for consumido em excesso a d-ribose engorda sim, porém se for sempre utilizado dentro da quantidade recomendada não terá nenhum problema com ganho de peso.

D-Ribose benefícios

Embora a pesquisa revelando as implicações clínicas da terapêutica com ribose tem ocorrido há décadas, é um participante bastante novo em medicina clínica. O uso generalizado de ribose em cardiologia começou em cerca de 2003, após a publicação de um importante estudo clínico pelo notável cardiologista Dr. Heyder Omran, da Universidade de Bonn, na Alemanha.

Ao longo da última década, houveram numerosos estudos clínicos e laboratoriais que comprovam o impacto benéfico da ribose no tecido estressado. Na verdade, o número de estudos publicados na literatura científica e médica agora ultrapassa os 100. E a pesquisa continua, com estudos atualmente realizados nas principais universidades nos EUA e em outros países da Europa com foco em doenças cardíacas, doenças musculares, desempenho atlético e melhoria do suprimento de sangue disponível.

comprar

Mas, apesar desta evidência científica esmagadora, muitos poucos médicos até ouviram falar de ribose. Todos eles estudaram a ribose na primeira classe de bioquímica da escola de medicina do ano, mas poucos têm alguma idéia de como funciona e ainda menos recomendam aos pacientes.

A maioria dos médicos tem aprendido a confiar em medicamentos e considerar os produtos de suporte nutricional como “não científicos” ou inseguros, e outros simplesmente não entendem a ciência. Outros, lamentavelmente, são apenas desinteressados, sentindo que estão muito ocupados ao ver os pacientes se manterem atualizados no estudo considerável de nutrição relatada mensalmente em grandes revistas científicas. Mas o número de médicos que estão vendo como a ribose pode melhorar a vida de seus pacientes está crescendo diariamente.

Esses médicos demonstraram que a suplementação de ribose pode, e faz, dar aos seus pacientes um novo contrato de vida.

Impulsionador de energia

Quando se trata de impulsionar a energia, D-ribose funciona tanto como um gerador de energia como um mantenedor da mesma.

D-risobe e a perda de peso

Complementar suas refeições com ribose para dar-lhe um impulso durante o exercício pode não ajudar seus esforços de perda de peso. Se você está tentando melhorar a energia para um melhor treino como parte do seu plano de perda de peso, beba muita água para se manter adequadamente hidratado e coma uma refeição saudável e concentrada em carboidratos de três a quatro horas antes de se exercitar.

Conte com essas calorias

Como fonte de açúcar, os suplementos de D ribose contêm calorias. Embora o conteúdo de calorias possa variar, é notável que uma aba de mastigação tenha 25 calorias. Ao seguir uma dieta com perda de peso, você deve levar todas as calorias em conta, mesmo as de suplementos. Consumir mais 25 calorias por dia sem fazer outras alterações na sua dieta ou na rotina de exercícios pode levar a um aumento de peso de até 2 kg ao final de um ano.

D-Ribose como tomar

Ribose é mais comumente marcado como um suplemento esportivo, com doses recomendadas variando de 1 a 10 g por dia. Recomenda-se, por vezes, doses mais elevadas de ribose para o tratamento de doenças cardíacas. Por exemplo, uma dosagem para doença cardíaca seria tipicamente 15 mg de ribose, consumida quatro vezes ao dia. A D Ribose está disponível em cápsulas, pós e líquidos. Pergunte ao seu médico sobre a dosagem adequada para você antes de tomar suplementos de ribose para qualquer propósito de saúde.

D-Ribose efeitos colaterais

Ribose parece ser particularmente seguro para a maioria das pessoas quando tomado por via oral para uso a curto prazo ou quando administrado por via intravenosa (por IV) por um profissional de saúde. Pode causar alguns efeitos secundários, incluindo diarreia, desconforto no estômago, náuseas, dor de cabeça e baixo nível de açúcar no sangue.

Precauções especiais e advertências:

Gravidez e aleitamento: É indicado evitar o uso caso você esteja no período de gestação ou amamentação.

Diabetes: Ribose pode baixar o nível de açúcar no sangue se for usado juntamente com medicamentos para diabetes que reduzem o nível de açúcar no sangue, isso pode fazer com que o açúcar no sangue caia muito rápido. Não é indicado o uso de ribose para pessoas que possuem diabetes.

Baixa quantidade de açúcar no sangue (hipoglicemia): o Ribose pode baixar o nível de açúcar no sangue. Se você já tem açúcar no sangue muito baixo, não é recomendado o consumo ribose.

Cirurgia: Há uma preocupação de que o consumo de ribose possa interferir com o controle de açúcar no sangue durante e após a cirurgia. Pare de tomar ribose pelo menos 2 semanas antes de uma cirurgia programada.

D-Ribose preço

A D Ribose possui um preço que muda muito de acordo com qual fabricante e loja você for comprar seu produto. Tendo preços entre R$149 e R$220 é possível encontrar diversos fabricantes e tamanho o d ribose, veja a quantidade ideal que você precisa e compre a que mais se adequar com suas necessidades.

Lembre-se que se trata de um suplemento que será ingerido pelo seu corpo, compre sempre em lojas reconhecidas e renomadas no mercado.

comprar